Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Ceará

Comunicação

Acompanhe as novidades do SINDETRAN-CE

Servidores do Detran/CE aceitam proposta do Governo terminam movimento de paralisação na Maraponga

Assinatura PCCs

Depois de uma semana com a área de exames da Maraponga paralisada, os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/CE) retornam ao trabalho nesta terça-feira (8), mas ainda não está decido como vai ser feito o atendimento à população, visto que a decisão depende da superintendência do órgão. O movimento terminou após a reunião com o Governador Camilo Santana, que assinou o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCs).

A mobilização dos trabalhadores de Detran/CE, teve início no dia 1º de dezembro, quando a categoria decidiu reivindicar a conclusão do Plano de Cargos, Carreiras e Salários, uma luta durou 10 anos. Porém, somente nessa segunda-feira (7), após 11 horas de negociação que representantes do Sindicato dos Trabalhadores na Área de Trânsito do Ceará (Sindetran/CE) aceitaram a proposta do governo: o chefe de gabinete do governador, Élcio Batista, e o Secretário Acísio Sena propuseram que o executivo assinaria o documento, mas não haveria o pagamento retroativo aos servidores, fato que revoltou a diretoria do sindicato, pois as negociações com os respectivos secretários das cidades, Ivo e Lúcio Gomes, tratavam do pagamento com retroativo. “Estamos sem entender até agora, pois todos relatavam que o montante estava reservado para a implementação do PCCs, no entanto parece que o dinheiro será usado de outra forma”, declarou Eliene Uchoa, Presidente do Sindetran/CE.

Mesmo em desacordo com algumas mudanças entre as diversas reuniões que definiram a construção do PCCs, a Presidente do Sindetran/CE levou a mensagem aos 120 trabalhadores que aguardavam do lado de fora do Palácio da Abolição, que de início não quiseram abrir mão do direito, no entanto, ao perceberem que a negociação não era satisfatória, resolveram aceitar o Plano sem o pagamento retroativo. Sendo assim, ficou acordado entre trabalhadores e representantes do Governo que, após a assinatura do PCCs da categoria, a mensagem será encaminhada à Assembleia Legislativa, onde passará pela apreciação antes do recesso parlamentar, para que o plano seja implementado a partir da data da publicação da lei.

 

Outros Posts

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Filiação TV SINDETRAN Assistência Jurídica Últimas Notícias